domingo, 8 de janeiro de 2017

Frases do dia

Fico um pouco perturbado com tiradas como esta "o País está mais pobre". Ora me parece que o País fica "mais rico" quando estes gajos são chamados para o "Paraíso". Boa viagem  e que dêem comprimentos laicos lá ao pessoal.

sábado, 25 de junho de 2016

Fim de Semana na "Quinta"

 Como hoje é Sábado fui só dar uma volta à "Quinta", de qualquer forma depois da noitada de S.João as forças não abundam muito para os próximos dias.










quarta-feira, 22 de junho de 2016

Entrando na "Quinta"


Depois de entrar pelo antigo "Parque de Estacionamento" e passar o "Túnel das Feijoas" entramos na "Quinta" e logo aqui um Araçã, dos amarelos. Aproveitar todos os cantos é a minha preocupação, a "Quinta" é grande (?!) mas a terra não abunda.


À esquerda as Romãzeiras que para além da produção futura de Romãs servem igualmente de 'biombo'.


Diz o meu Técnico em Medicina para fazer exercício.
Cá está, exercício e entretenimento.

segunda-feira, 20 de junho de 2016

Passando o Túnel das Feijoas...

...entramos propriamente na "Quinta". Esta quinta com aproximadamente 10/100 (0,1) hectares é, de momento o meu passatempo por excelência.

Em primeiro plano um dos meus seis kumquat. O ano passado apanharam mildio e este ano estão a ressentir-se mas estão agora com bom aspecto.

Em segundo plano podem ver-se os Gogi com três anos. No primeiro ano frutificaram bem mas no segundo o Oídio deitou-os abaixo. Este ano o Oídio também apareceu, tratei-os e já começaram a florir. Para quem estiver interessado é uma planta que pega muito bem de estaca e cresce rapidamente.

quinta-feira, 16 de junho de 2016

Passando o Túnel das Feijoas


Passando o túnel das feijoas:
Uma Tagerineira (?) que dá tangerinas ácidas tipo limas seguida de uma Romãzeira em vaso e uma Oliveira, pelo meio uma Aleo Vera.


quarta-feira, 15 de junho de 2016

Passatempos ou Técnicas de Lazer


Entre as várias formas de entretenimento, também conhecidas como "Técnicas de Lazer", a Fotografia é uma arte nobre a par de outras mais sofisticadas como o Desenho, a Pintura ou a Música sem esquecer o colecionismo, dos quais a Numismática e Filatelia sobressaem. De Música é bom que se saiba que nem assobiar sei, a pintura e o desenho ainda deu algo em tempos idos e muito remotos. Agora o passatempo mais rotineiro é Agricultura e Jardinagem e quando me dá na gana lá vou passear pela minha colecção de Selos.

E hoje vai uma das fotos que por aí vou colhendo em passeios mais ou menos errantes.

2007 - Rua Cimo de Vila - Porto

segunda-feira, 13 de junho de 2016

Ainda sobre o "Estacionamento"




Bordejando a zona projectada para estacionamente fui ao longo dos tempos plantando vários tipos de plantas.



Á esquerda uma Japoneira que tem crescido para além da minha prespectiva o que me tem levado a podá-la para se manter mais de acordo com o espaço limitado em que está inserida.
















Algumas roseiras também dão o seu contributo para alindar o ambiente
 










domingo, 12 de junho de 2016

Continuando no "Estacionamento"



O "Estacionamento" é também um local óptimo para um pouco de jardim. O Teixo à esquerda e logo atrás uma Magnólia fazem as honras na entrada. Não são propriamente de jardim mas em vaso pode ser que não cresçam muito.








Aqui temos a entrada para a "Quinta" ladeada por uma Japoneira e um Ficus e encimada por duas Feijoas cujas qualidades fruticulas são muito apreciadas cá em casa.



Demorou uns anitos a dar frutos mas a quantidade é muito grande.
Notar que os frutos do tamanho de um ovo pequeno e cor verde estão em condições de serem comidos quando caem, normalmente de noite.





As pétalas são muito apreciadas pela passarada nomeadamente melros e também uma boa opção para uma salada dado o seu sabor adocicado.

É com estes meios que a Natureza nos proporciona que sentimos um maior prazer na vida e no sossego.

quinta-feira, 9 de junho de 2016

terça-feira, 7 de junho de 2016

O meu "Parque de Estacionamento"




Aquele que era para ser o "Parque de Estacionamento" está agora transformado em "Parque Florestal"

A Oliveira em primeiro plano com bastante flor, leva-me a supor uma boa colheita (!)




À esquerda

Em primeiro plano um "Citrus calmondin" acabadinho de envasar. 






 Um Pessegueiro de S. João já com uns anitos e que todos os anos me presenteia com meia dúzia de pêssegos


Esta uma Tangerineira envasada o ano passado e que este ano carregou de flor. Espero uma boa produção lá para Janeiro de 2017.

Procuro aproveitar a terra do vaso para semear salsa o que evita a proliferação de ervas daninhas.



segunda-feira, 6 de junho de 2016

As cravinas



 

A minha apetência para a fruticultura e horticultura não significa que me desagrade a prespectiva floral, de facto a cor e o perfume faz sempre realçar a imagem campestre dos meus tempos de menino e moço.






 



Estas as cravinas pretendem com a sua alegria colorida adornar um espaço que outrora fora destinado a parque de estacionamento.


domingo, 5 de junho de 2016

Aproveitar Espaços (Técnicas de Lazer)

Para além do efeito visual realça sobretudo a ocupação dos tempos livres. Dizia-me algures no tempo o meu "orientador" clínico que estar ocupado com o PC era o caminho mais curto para deixar de ter tempos livres ou ocupados. Segui o conselho ou se quiserem, o receituário.
A foto demonstra o efeito da ocupação fora do PC.
Uma amostra de "floresta urbana" onde se misturam árvores de fruta com cravinas, rosas, lavanda, hortelã e uma multidão de espécies da vida campestre.
Em primeiro plano os mini-kiwis e lá mais ao fundo as feijoas.
São cerca de cem metros quadrados com algumas dezenas de fruteiras que irei aqui deixar amostras para memória futura.